13/09/2018

OPINIÃO | 'TRÊS COROAS NEGRAS' DE KENDARE BLAKE

A pergunta que se coloca é... como falar sobre este livro? "Três Coroas Negras" entrou diretamente para o primeiro lugar dos meus livros favoritos do ano. É só e apenas maravilhoso. Quero agradecer à Porto Editora por me ter cedido um exemplar para opinião.

Editor: Porto Editora
Edição ou reimpressão: 07-2018
ISBN: 978-972-0-03036-8
Goodreads: ★★★★★
COMPRA AQUI

SINOPSE
Três rainhas negras,
Fruto da mesma terra.
Três gémeas meigas,
Agora entrarão em guerra.

Três irmãs negras –
Quais delas não se adivinha –
Mas duas terão de morrer:
Só uma será rainha.

A CADA GERAÇÃO, NA OBSCURA ILHA DE FENNBIRN, NASCEM TRÊS IRMÃS GÉMEAS.

Três rainhas herdeiras de um só trono, cada uma possuindo um poder mágico muito cobiçado. Mirabella é capaz de inflamar o incêndio mais violento ou a tempestade mais terrível. Katharine consegue ingerir um veneno mortal sem sentir os seus efeitos. De Arsinoe diz-se capaz de fazer florir a rosa mais vermelha e controlar o leão mais feroz.

Mas para uma delas ser coroada rainha, não basta ter a linhagem certa. As trigémeas terão de conquistar o seu direito à coroa, lutando por ele… até à morte.


Na noite em que as irmãs completam 16 anos, a batalha começa. E a rainha que sobreviver, conquistará a coroa!

OPINIÃO
Há muito tempo que não lia um livro tão fascinante. Quando digo isto é porque não encontrei qualquer ponto negativo para vos apresentar. Um vez que ando a tentar ler mais fantasia, não podia ter escolhido melhor. 

A escrita de Kendare Blake, apesar de ser densa e bastante diferente do que estou acostumada a ler, é belissíma. Rapidamente me adaptei e dava-me tal gosto ler que se tornou impossível largar o livro. Apesar de ter milhares de personagens, extremamente densas e repletas de camadas, não houve, de todo, qualquer resistência na fluidez de leitura. A autora soube distribuí-las tão bem que podemos não as fixar imediatamente mas à medida que o livro avança acabamos por entender quem é quem. 

"Três Coroas Negras" é repleto de relações: familiares, amorosas e de amizade. Uma vez que estão construídas de forma tão inteligente é inevitável desenvolver um carinho especial e uma vontade gigante de as proteger. Quando falo de relações podia perfeitamente estar a falar dos laços que vamos criando com cada uma das personagens: vamos odiar umas, vamos apaixonar-nos por outras, mas depois existem aquelas que vão mexendo com a nossa opinião ao longo do enredo.

Se tivesse que escolher um expressão para definir este livro seria, girl power. Todos os cargos de poder são ocupados por mulheres - três rainhas: todas elas fortes (cada uma à sua maneira), e todas completamente diferentes. Achei magnífica a forma como a autora conseguiu apresentar três personagens tão autênticas. Tornou-se praticamente impossível eleger uma favorita. 

Para primeiro volume de uma saga, considero que a autora nos entrega o suficiente para querermos mais. Apesar da narrativa lenta, não achei em momento algum que fosse aborrecida, aliás, acho que tem o ritmo perfeito. A autora não deixa escapar nada, concede ao leitor o mais ínfimo detalhe. A cada capítulo somos surpreendidos e quanto mais lemos mais queremos ler. É completamente viciante. Há imenso tempo que não me sentia ansiosa por ler um livro... por algum motivo o terminei tão rápido.

O final é arrebatador. E posso dizer que foi a única coisa que me deixou triste em "Três Coroas Negras" porque fiquei faminta por mais. Fui completamente surpreendida e, haverá melhor sentimento que esse quando se termina um livro? Acho que nenhum leitor está preparado para o final, ainda p'ra mais não tendo o próximo volume para continuar imediatamente. 

Posso não ser a melhor pessoa para avaliar livros de fantasia mas este, sem dúvida alguma, é dos melhores que encontrarão atualmente no mercado. Leiam, apaixonem-se pelas personagens, vivam intensamente a narrativa, pois obras desta dimensão são difíceis de encontrar.


"- Só um rei consorte seria suficientemente 
estúpido para se apaixonar por uma rainha."

3 comentários:

  1. Andava com tanta curiosidade com essse livro... Comprei-o em inglês e na semana a seguir vi que ia sair em português, deu-me uma coisinha má! Mas acabei por comprar a versão portuguesa também na Comic Con porque era autografada pela autora :3
    Ainda não o li, mas é já o próximo da lista!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A edição da Comic Con é LINDA! Espero que gostes do livro, é muito bom :)

      Eliminar
  2. Eu já andava a planear ler esse livro em inglês e quando a vi que ia ser lançado pela Porto Editora não podia estar mais contente. Mas a verdade é que, e eu sou um leitor ávido de fantasia, foi a pior história desse género que eu já li. A história não necessitava de uma trilogia, ficaria muito melhor se fosse um livro único e se a autora não arrastasse todo o plot por 3 livros, foi o que eu achei :)

    ResponderEliminar